últimas...

Sonho sem rosto

um dia..

Abril 2012

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007


Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

Sonho sem rosto

                                                                                                 René Magritte

 

 

 

Acordo..

Os olhos estavam baços... cerro-os, esfrego-os com veemência como quem quer penetrar além do atingível!

O teu rosto? pergunto-me e arrisco-me a requestá-lo nos breves instantes que se seguem...

Destapo todos os episódios, desobestruo todas as portas, escavo um beijo distraído, invado museus, corro por ruas e artérias, ingresso na cólera de um filme mudo.. nada!

Sinto um náufrago no peito, por instantes fico a boiar no infinito a consumir pirulitos por conta própria!

Este acordar carnívoro nos mornos lençois faz-me abandonar o chão, abala a realidade de todas as coisas...

Que agonia é esta? Que me segue os passos, que me espreita os gestos, que me assombra o corpo, que me acorda de noite e me grita de dia?

Rendo-me?

 

 

tags: , ,

publicado por teetee às 18:51

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito

me?

pesquisar

 

Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


links

tags

todas as tags

subscrever feeds