últimas...

Dias a fio...

Remetente & destinatário....

Without sense...

Laços...

Quando ele chega...

Erg chebbi

Fé de Fez...

Bleu Chefchaouen...

Diário de viagem...

Menina e moça...

um dia..

Abril 2012

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

Le Voyage du Ballon Rouge ...

 

Se espreitarmos com muita atenção há um pequeno mundo entre outros dois mundos ao qual só chegam os mais atentos, os que não são sedentos... há muitos que por lá passam e saltam sem olhar esta pequena fenda...


publicado por teetee às 00:30

link do post | comentar | favorito

6 comentários:
De T. Poeta a 24 de Abril de 2008 às 03:45
Numa criança voltada para a rua
um balão vermelho atinge os céus como se

partisse. Em saudade
do outros tempos de azul. Hoje

vermelho, vivo, subia sem memória das
coisas
que a vida lhe deixou ficar.

Um fio
que pudesse ser abraçado como
quem sente a sua primeira pulsação. Ainda que
não

fosse a criança o seu destino,
há muito mais dentro do ar do que o próprio
oxigénio desperdiçado de outrora.

Há um fim e um (re)começo.

Onde uma mãos nos escapa
haverá outra que sempre nos agarra, e

assim
parte ele - balão vermelho
pelos olhos dela fora - criança

buscando e lembrando o que não pode jamais
ser ignorado.

Ou em que estaremos a pensar.


Baci.


De efeneto a 24 de Abril de 2008 às 16:11
Há no voar das gaivotas,
Um cheiro que paira no ar.
Sei que este Inverno vai acabar.
Não haverá sonhos mutilados,
A paz é um país a conquistar
Ao sabor do perfume dos cravos.

Sei que a Primavera vai despertar
No sol de Abril em verdade,
Sei que os rios desaguam no mar
E a nossa voz na liberdade.
**
Liberdade no feriado e Paz no fim-de-semana.
Beijos e abraços á escolha.


De **** a 26 de Abril de 2008 às 22:14
Vim deixar-te um grande beijinho...
e deixaste me a pensar nestas tuas palavras...
Bom fim de semana


De desconhecido a 27 de Abril de 2008 às 16:13
verdadeiramente existem tantos mundos dentro deste mundo em que vivemos e a maior parte das vezes nem nos apercebemos
...parar...olhar em redor...apreciar...algo tão necessário e que fazemos tão pouco.

bjs


De Thiago a 28 de Abril de 2008 às 17:55
Eu conheço esse mundo...foi-me revelado por uma flor muito especial.

Convido-te a conhecer a história de A. :-)

beijos


De efeneto a 2 de Maio de 2008 às 12:58
Se a mágoa é um dom
duma vontade traída
humilhada e colorida,
que a experiência vivida
nos oferece com desdém...
se a mágoa é tudo isso,
eu não quero ser diferente
Prefiro não ser ninguém.
Prefiro agradecer a sua amizade
e fidelidade para com o Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä.
Um fim-de-semana com amizade e G®¡†ös
É já agora com Þöësiä.



Comentar post

me?

pesquisar

 

Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


links

tags

todas as tags

subscrever feeds