últimas...

Dias a fio...

Remetente & destinatário....

Without sense...

Laços...

Quando ele chega...

Erg chebbi

Fé de Fez...

Bleu Chefchaouen...

Diário de viagem...

Menina e moça...

um dia..

Abril 2012

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Sábado, 5 de Abril de 2008

Procuro por ti...

 

" class="ljvideo"> 

 

                                                       http://www.youtube.com/watch?v=UDorNilxPUY

 

 

Na liberdade da solidão, acordas do lado deserto da cama, é nesse lugar onde mais te encontras

Na multidão de desconhecidos pareces sentir segurança

Na estrada da vida sem mantimentos afectivos procuras a saída, fazes do amor um singular

De costas curvas carregas o luto dos dias que por ti passaram

Prenuncias palavras que te minguam o coração

Julgas-te confinado á "solitária" de nome vida, acordas e olhas o espelho com ar ameaçador e agressivo... fabricas um sorriso

Já nada te sacia... só a ti te procuras

As carências sao a bagagem que te move

Nenhuma reacção! ... e o silencio já soa a castigo

Gastas oxigénio aos poucos só para sentires o sufoco de que mascaras a ansiedade

A todo o custo, sem preço nem medida.. onde quer que esse caminho te leve

Pensas ter perdido esse tudo que não aceitas seres TU e tentas provar o amargo, não na boca mas no peito,  que te trará a tão desejada vitória na luta constante contra os teus limites...

 

Eu perdi... e tu?

 

 

 

"Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco
conheço tão bem o teu corpo
sonhei tanto a tua figura
que é de olhos fechados que eu ando
a limitar a tua altura
e bebo a água e sorvo o ar
que te atravessou a cintura
tanto tão perto tão real
que o meu corpo se transfigura
e toca o seu próprio elemento
num corpo que já não é seu
num rio que desapareceu
onde um braço teu me procura

Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco"
 

 

                                       Mário Cesariny

música: Eddie Vedder - Hard sun
tags: ,

publicado por teetee às 19:15

link do post | comentar | favorito

9 comentários:
De Nuite a 5 de Abril de 2008 às 21:46
Minha Cara Amiga ... =)
O filme ... ja tinha ouvido umas criticas muito boas ... e depois de ver o clip tenho mesmo de o ver !!!
quanto aos teus sentimentos ...
já nada mais poderei dizer novo ... posso voltar a dizer-te o quanto es especial ... o quanto es uma grande mulher ... vezes sem conta ... ate perder definitivamente a voz!!!
Do Poema ... doi na alma !!!
com muito amor ... a tua muito amiga

Ana


De teetee a 9 de Abril de 2008 às 22:04
Minha querida amiga...

Se não fossem vocês, as minhas Anas, não sei como caminharia...
Um beijo ENORME e obrigada por estares sempre aqui!

tee


De desconhecido a 6 de Abril de 2008 às 00:06
sim, o amor constroi-se...gostei do poema e das palavras precedentes

haverá uma receita para o amor? seguramente que não...dai que ele aparece quando menos esperamos...

beijo e bom fim de semana


De teetee a 9 de Abril de 2008 às 22:17
Caro desconhecido,

Mesmo assim... se algum dia encontrar a "receita" do amor por favor queira partilhá-la comigo!
Parece sempre uma questão de desencontros... de chegar tarde ou partir cedo demais... uma rara combinação de astros..

Abraço,

teetee


De **** a 8 de Abril de 2008 às 22:59
Olá!
Há quanto tempo não passava por aqui...
Perdi o meu blog por alguma razão que desconheço,e este é o novo!
beijinho*

(Solitária de "No silêncio das palavras")


De baraujo a 9 de Abril de 2008 às 14:13
into the wild:

o album ... delicioso
o filme... a ver
o livro... que palavras usar...

enorme bom gosto!

beijo terno


De teetee a 9 de Abril de 2008 às 22:42
Caro Baraujo..

... Obrigado pelas palavras!

Quanto ao filme que confesso não ter visto ainda... já o ouvi contar e faz-me lembrar uma pessoa de que gosto muito!... a pessoa que procuro... a pessoa que se procura a ela própria!... enfim... eternos desencontros do amor...

Obrigado pela visita! Um abraço

teetee


De efeneto a 9 de Abril de 2008 às 20:02
Conjunto perfeito. Palavras escolha visual e proposta apresentada. Mostra sensibilidade em todos os campos. Um beijo de agradecimento pela sua visita.


De Daniel Aladiah a 10 de Abril de 2008 às 18:29
A perda... o desejo... a necessidade de ver para a frente.
Um beijo
Daniel


Comentar post

me?

pesquisar

 

Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


links

tags

todas as tags

subscrever feeds