últimas...

Dias a fio...

Remetente & destinatário....

Without sense...

Laços...

Quando ele chega...

Erg chebbi

Fé de Fez...

Bleu Chefchaouen...

Diário de viagem...

Menina e moça...

um dia..

Abril 2012

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Vesti o meu vestido mais bonito...

 

 

... a fatiota de domingo, o sapatinho de veludo e fui ao encontro do desencontro. não havia convidados, ceia para comemorar, nem orquestra para acompanhar!

Esta tarde ao soar das badaladas guardei um sonho que nunca chegou. Contratei uma empresa de mudanças, daquelas de transporte de mercadorias frágeis, uma grua para levar pelos ares este sonho que podia ter sido e não foi, o que se perdeu depois de ter sido. Uma grua que transporte para outra freguesia estes eternos encontros, esta sensação de que nada existe no seu tempo certo, de chegar sempre tarde ou partir cedo demais...

 

"Num mundo em que tudo parece estar certo...  guardo muralhas feitas de cartão" Tiago Bettencourt

 

... Guardo o que nunca perdi!

sinto-me: Desencantada
música: Toranja - Fim
tags:

publicado por teetee às 23:11

link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Nuite a 21 de Julho de 2007 às 22:54
e agora !?!?!
agora ...
manda lavar o vestido ...
pois tens um novo roupeiro =)
beijinhos


De teetee a 23 de Julho de 2007 às 00:29
... HUm...

Há sempre aquelas fatiotas com etiqueta irritante que dizem que não se podem lavar. Se o fizermos corremos o risco de fazer de um lençol uma fronha de almofada...
Há ainda aqueles vestidos que não queremos lavar para que fiquem com as nódoas (de alegria) deste ou daquele dia...
O melhor mesmo (penso eu) é guardar o vestido dentro de uma caixinha, um dia vou ter saudades dele e ao revê-lo espero sorrir ao recordar o dia em que o vesti!

Uma beijoca minha querida Budista (aquela que só perde a paciência quando os parafusos não são indicados)


De Nuite a 23 de Julho de 2007 às 22:22
Das-me 3 folhas ?!?!
preciso de contar-te uma história ...
tens uma vida que me possas despensar ...
- é o tempo que levo a contar-te esta historia !!!
Não vou ser má ...
não porque nao tenha vontade ..
mas porque gosto mais de ti minha Amiga !!!
e o amor ... é sempre muito maior aos actos =)
por ti ...
hoje e somente hoje
vou ser uma verdadeira budista !!!



Comentar post

Escuta ...


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Truz Truz...

Free Hit Counters
Free Counter

me?

pesquisar

 

Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


links

tags

todas as tags

subscrever feeds