últimas...

Dias a fio...

Remetente & destinatário....

Without sense...

Laços...

Quando ele chega...

Erg chebbi

Fé de Fez...

Bleu Chefchaouen...

Diário de viagem...

Menina e moça...

um dia..

Abril 2012

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Domingo, 17 de Junho de 2007

Ao virar dos 29...

 

O Futuro não vem no mapa!

 

 

 

 

Alguém me pode dizer onde é que ele mora? A quem devo endereçar o envelope?

 

Ficará um pouco mais longe do que a Gronelândia? Imagino-o um pouco menos gelado..

Talvez ao largo de Patopolis? Imagino-o em banda desenhada habitada por seres diferentes do tio Patinhas...

Será que se localiza na esquina paralela à Lua? na... não me parece... sinto-o mais do que uma esfera luminosa, lisa e brilhante, com cruzamentos, ruas e com menos fragmentos rochosos...

Sonho-o entre o muito longe e o virar da esquina, assim como se fosse atingível na distância de um truque de magia. Logo que lá chegue e iço uma bandeira que queira dizer que, naquele lugar, e em toda a volta, se soltarão todos os sonhos guardados..

 

Quero-o mas não tenho pressa, caminho mas não corro, canto mas não grito, danço mas não rodopio, avanço mas também recuo... devagar... quero lá chegar com passos de quem caminha e saboreia o percurso, quero sentir as borboletas no estômago causadas pelo escuro do desconhecido, do certo pelo incerto...

 

Mas será que se chega ao futuro pelas coodenadas de um mapa ou na companhia de quem, fazendo de mágico só para nós, nos abre as portas do futuro, para podermos entrar?

 

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço que a minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e tornar-se autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um "não". É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo...".
Fernando Pessoa

 

 

sinto-me: aniversariante
música: Jack Johnson - Sitting, Waitting, Wishing
tags: ,

publicado por teetee às 13:39

link do post | comentar | favorito

5 comentários:
De amalia a 20 de Junho de 2007 às 21:17
querida amiga dei uma passadinha no teu blog, um pouco a correr,mas quero dizer/te, que o achei simplesmente brilhante, teu, unico,oobrigada por teres cruzado o meu caminho.
adoro/te
fica connosco. quero aprender mais e mais contigo.
beijo


De teetee a 21 de Junho de 2007 às 13:06
Minha querida amiga Amália, que bom ter-te aqui! que bom ter-te todos os dias junto de mim e que bom que é saber que podemos partilhar experiências, afinal temos as duas a ganhar! Também gosto muito de ti!

"...ninguém é tão pobre que não possa dar, nem tão rico que não possa receber! (autor desconhecido)

Um abraço apertadinho!

Teetee


De Nuite a 24 de Junho de 2007 às 14:24
ai ai ai
se eu tivesse um mapa ...
iria pelos caminhos td errados ...
=)


De Porque Te Amo a 25 de Junho de 2007 às 11:31
Não sei o mapa está na palma da mão de cada um de nós... nao sei se o mapa, seja qual for ele, se está no nosso rosto, no nosso olhar ou no nosso coração... sei que o meu está onde não está, pq só quero ir pra onde não vou... Fernando Pessoa... gosto, mas é tão dificil levar à letras as suas palavras... não é? eu bem queria, mas nao sou capaz... ou então pq não quero! e pq não quero?! pq aí, nesse dia, deixaria de ser genuino...

1beijo... assim... entre pianos


De teetee a 25 de Junho de 2007 às 16:45
Ao Sr. afinador de Pianos:
Penso que ele (o nosso mapa) está essencialmente debaixo dos nossos pés! e por isso muitas vezes caminhamos por trilhos que nunca pensámos percorrer, fazemos coisas que nunca pensámos fazer, dizemos coisas que um dia jurámos que não faríamos..
... Talvez um pouco do sangue de Fernando Pessoa corra nas nossas veias...

Um abraço, teetee


Comentar post

Escuta ...


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Truz Truz...

Free Hit Counters
Free Counter

me?

pesquisar

 

Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


links

tags

todas as tags

subscrever feeds