últimas...

Dias a fio...

Remetente & destinatário....

Without sense...

Laços...

Quando ele chega...

Erg chebbi

Fé de Fez...

Bleu Chefchaouen...

Diário de viagem...

Menina e moça...

um dia..

Abril 2012

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Terça-feira, 24 de Junho de 2008

Abraço palavras...

 

 

Acolho-as, gosto de as ter sempre por perto, gosto de as escrever, de oferecer e de as devolver.

Ás vezes guardo-as só para mim ou pouso-as para que, sem querer, alguém possa ler.

Gosto de as reencontrar com aroma a naftalina, de ficar horas a recordar o que já foi dito e imortalizado.

Há palavras que nos beijam como se tivessem boca, grandes, dificeis de proferir, outras que nos tiram a voz e nos fazem rir... chorar... sentir

Algumas escapam-se entre dentes, desobedientes! Cruzadas ou indiscretas...

Há combinações perfeitas, felizes encontros! Palavras que nos alimentam.

Há palavras de força e outras de desilusão... de todos os tamanhos, cores e padrões.

Dou por mim a emprestar-lhes o que sou, o que sinto... finto-as!

Gosto de imaginar o que não dizem, de ler as entrelinhas.

Já colei folhas rasgadas, rascunhos que me contaram aquilo que alguém não queria dizer,

Já acordei de noite para as registar,

Já escrevi uma carta de amor,

Já recebi bilhetes no carro,

Já me arrependi do que disse e do que deixei por proferir,

Já as li no céu... numa canção,

Já me esqueci de um ponto final propositadamente,

Já passei dias sem lhes falar e outros esperei para as ouvir,

Já lhes declarei guerra!

Já as perdi...

 

Hoje perco-me nelas... aqui!

 

 

tags:

publicado por teetee às 19:46

link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De efeneto a 27 de Junho de 2008 às 13:37
Depois de um período de colocação de ideias e palavras em dia, estou de volta às visitas regulares. Ficam aqui palavras e um convite. Voltarei.
Beijos e abraços para passarem um fim-de-semana na companhia da família ou da sua própria.
***
Quem passa por mim
não vê
que homem aqui chegou,
só viu matéria por fora
por dentro nem se lembrou.
Só quero ser, por ora,
um homem que sabe amar,
solitário na solidão
sem inspirar comiseração.
Não me afundarei
em qualquer rio revoltoso.
Nenhuma onda ou túnel
escurecerão a minha vontade.
Sou eu, inteiro e sem ódios
que o meu coração não guarda.
Serei amanhã o que for
com os amigos em meu redor.

**
Se quiser passar um fim-de-semana com letras, leia a:
H¡S†Ö®¡Ä ÐÄ MËN¡NÄ †®¡S†Ë



De Nuite a 29 de Junho de 2008 às 11:50
ABRAÇAR :

- O Mundo (porque é a nossa casa);
- A vida (ela merece uns mimos);
- A mim ( sou a tua alma gemea) ;
- A Amelia ( precisa de energias positivas);
- O horacio ( para nao morrer ...);
- A almofada ( ajuda a descontrair);
- As crianças ( elas são unicas);
- As Madeiras ( as arvores sao vida - lol)
- A ti ( abraça-te a ti minha amiga ... tu es tão especial e unica .... )
- A lua ( é magica)
- O mar ( é magicooooooooooooooooo)
- A praia ( pelo sentimento de ferias)
- A tua casa ( é lindaaaaa)
- Uma boa musia ... ( dá paz a alma)
... ... ...

Kiss Kiss
Cheios de amizade ...

Ana


De João Pedro a 30 de Junho de 2008 às 11:16
Gostei de abraçar as tuas palavras. Abraço bom! :-)
Também gostei muito do teu blog. Quero voltar!
Fica bem!


Comentar post

Escuta ...


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Truz Truz...

Free Hit Counters
Free Counter

me?

pesquisar

 

Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


links

tags

todas as tags

subscrever feeds