últimas...

Dias a fio...

Remetente & destinatário....

Without sense...

Laços...

Quando ele chega...

Erg chebbi

Fé de Fez...

Bleu Chefchaouen...

Diário de viagem...

Menina e moça...

um dia..

Abril 2012

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Terça-feira, 25 de Março de 2008

E quando a guerra acabar...

 

Os braços estarão cansados, as veias dilatadas, a voz rouca

As folhas de jornal estarão gastas de notícias banalmente repetidas

Os serões serão frios e esguios

Daremos conta que as chamas ardentes e corrosivas foram estintas pelo silêncio

Quando esse dia chegar nos bolsos não restarão mais pedras e o olhar carregará a desconfiança que trava a abertura e o altruísmo

No rosto restará a foligem, nas mãos a profundidade de rios que não escoam, o sangue viajará contra a corrente

Nesse dia já ninguém recordará a terra que um dia foi fértil, em que um dia se semeou

Seremos apenas dois soldados de roupas gastas e rotas

No tacto farpas cravadas impedem o sentir

Por dentro, se descermos o túnel que nos leva dentro de nós encontraremos, no lugar do coração, cacos do que outrora se construiu e se pensou para sempre

 

 

Quando a guerra acabar, quando esse dia chegar...

 

 

... à nossa volta reinará a destruição movida pelo egoísmo, pelo argulho desmedido que deitou a baixo o sonho, o mesmo sonho... ou... seremos apenas dois estranhos de uma mesma história...

sinto-me: à procura de paz
tags:

publicado por teetee às 20:54

link do post | comentar | favorito

4 comentários:
De Nuite a 26 de Março de 2008 às 20:55
tds as guerras acabam ...
sei apenas de uma que durou 100 anos ... e de outra que durou 6 dias !!! em tds elas e em tds as outras houve dores e lagrimas ... vencidos e vencedores !!! mas existe algum comum a tds elas !!! nos campos de batalhas ... cresceram flores =)
Beijinhos


De teetee a 27 de Março de 2008 às 20:17
Tens sempre uma palavra de conforto minha amiga.. obrigado! Mas quem me dera acordar e perceber que esta guerra, afinal, não passou de um sonho mau!
És o meu cobertor quentinho!

Um abracinho

teetee


De Nocas a 27 de Março de 2008 às 22:53
What? Que vem a ser isto??? Lamechices???
Vamos abandalhar isto...
Lembra-te que pior que todas as guerras é ter comichão e não poder coçar, é querer lavar e cara e não ter água, é ir de boleia para ir buscar o carro e esquecer da chave em casa... Tanta coisa má e ainda falas em guerras??? Por amor de Deus!!! Tenho de te abanar quantas XXXXXX mais pá!!!


De efeneto a 28 de Março de 2008 às 17:02
Roubei do corvo a cor
esvoaço sem sentido na noite.
De norte a sul só a escuridão
e um pássaro de asas quebradas
perdido na imensidão.
Aliso as penas de novo
e sonho-me a levitar
por entre nuvens e mares
à procura da ilha prometida.
Enquanto a procuro venho aqui
Desejar um óptimo fim-de-semana
Na companhia de quem mais ama.

é assim que normalmente á sexta feira visito os amigos desejando bom fim de semana...entrou na roda dos meus amigos por isso não estranhe...


Comentar post

Escuta ...


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Truz Truz...

Free Hit Counters
Free Counter

me?

pesquisar

 

Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


links

tags

todas as tags

subscrever feeds